24 abril 2014

Ruivisses: Do vermelho cereja ao laranja (acobreado)

O blog Ruivando está de volta! Blog velho mas com nome novo, layout novo, postagens novas, tudo novo!
Nada mais digno do que voltar escrevendo sobre o meu cabelo, o qual é a razão do nome do blog. Adivinhem o que eu fiz? Pra quem me conhece a mais tempo sabe que o meu cabelo estava em um tom de vermelho cereja. Antes disso não me perguntem, meu cabelo natural é castanho mas sinceramente não sei mais o tom correto, sou ruiva desde 2007. MAS, por incrível que pareça enjoei do vermelhão e resolvi ir pra algo mais natural, o laranja (cobre).
O que usava antes: Comecei usando tinta de farmácia, não lembro exatamente o tom, mas cada vez que ia pintar procurava uma tinta nova, sempre buscando o vermelho perfeito. Demorei, encontrei, mas não foi nas tintas de farmácia. Comecei utilizando o 666 da Amend, mas ainda não havia chego na cor que queria, até que me falaram a mistura perfeita. Amend 6646 com o intensificador 0.6. (Foto). A cor fica exatamente essa da primeira foto, mas isso varia de cabelo pra cabelo, o meu já estava acostumado com o vermelho. A tinta é maravilhosa, não desbota tão rápido e não estraga tanto o cabelo. Quando comecei a comprar ela custava na faixa dos R$13,00 - R$15,00 (isso a dois anos atrás, aproximadamente), hoje ela está na faixa dos R$17,00 - R$23,00. Usava normalmente dois tubos do 6646 e um tubo de 0.6 porque meu cabelo puxa MUITA tinta. Se alguém quiser se aventurar no vermelho cereja, preparem as capas de travesseiro e o box do banheiro, fica tudo vermelho! Piscina nem pensar! 



O que uso agora: Depois de enjoar do vermelhão e procurar algo mais "normal" sem sair do que eu gosto (loiro e moreno não é pra mim, não consigo, não gosto, não pra mim), saí a procura do dito ruivo natural, ou o que mais se aproximasse dele. Esse tom alaranjado/cobre/ruivo natural é extramente difícil de conseguir. Demorei mais ainda porque sempre pintava um medinho. "Será que vai ficar bom? Será que não vou enjoar e querer voltar pro vermelho? Será que não vai estragar demais?" Mas, por sorte, deu tudo certo. Já faz mais ou menos dois meses que estou usando essa cor e estou amando! Tive que descolorir sim e esse era o meu maior medo, procurei um profissional na área (só confio e só vou em um, não o troco por nada!), mostrei o tom que eu queria e ele fez. Não lembro exatamente a tinta que usou, sabia que de primeira ele não ia ficar exatamente no tom que eu queria porque eu estava com um vermelho antes. Só quem já pintou o cabelo de vermelho sabe o quanto é difícil tira-la da cabeça (literalmente). Primeiramente, tive que descolorir duas vezes porque uma parte tinha ficado mais clara do que a outra. O meu cabeleireiro passou um tom mais claro, um tom 8 se não me engano (marca Wella), mais com cara de ruivo natural. Me apaixonei na hora. A cor tinha ficado exatamente o tom que eu precisava (ainda não era a que eu queria), mas já era o suficiente. O bom do laranja é que ele não faz aquela bagunça toda que o vermelho faz. Gastei em torno de R$300,00 pra fazer tudo (descolorir + pintar + cortar + escovar).
Dessa vez, não quis apenas retocar a raiz, resolvi experimentar uma cor nova, mais forte. Me indicaram o 7.44 com o 0/44 (mix intensificador) da marca KEUNE, e é ele que uso hoje (foto). Usei um tubo de 7.44 e meio tubo de 0/44 mesmo o meu cabelo puxando bastante tinta. Ah, água oxigenada 40vol. da marca KEUNE também. Recomendam usar a tinta e a água oxigenada da mesma marca sempre mas, como sou teimosa, na segunda vez que utilizei essa fórmula mágica, resolvi experimentar usar a tinta KEUNE com uma água oxigenada qualquer. Dito e feito. Na hora é a mesma coisa, mas o cabelo desbota bem mais rápido. O resultado está na foto abaixo, com o antes e o depois. 
As tintas da KEUNE não são as mais baratas, em torno de R$35,00 - R$39,00) cada tubo, e ainda me falaram que paguei barato (oi?), porém ela é MARAVILHOSA! E a água oxigenada da marca custa R$10,00 (foi o valor que paguei, pode variar de um local para outro). A tinta é totalmente fiel a cor do catálogo, rende bastante e danifica bem pouco o cabelo. Novamente recomendo a importância de ir em um profissional, pra descolorir e passar a tinta. Dependendo do tipo de cabelo e de que química você já usou/usa o risco de dar corte químico é grande. Sem contar no risco de manchar o cabelo, que fica horrível! Gasto mas não troco essa cor por nada!
E vocês, qual cor preferem? 


4 comentários:

  1. Amo muito cabelos vermelhos, já havia me aventurado umas 3 vezes, mas nunca continuava, contudo, passei esse último ano com os fios vermelhos até que faltou grana e tive que partir para o Loiro escuro, mas não resisti e voltei para o vermelho, agora estou na saga novamente tentando voltar ao que era. Usava o 0.6 sozinho, você acha que o resultado fica melhor misturando com o 6646?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Já passei só o 0.6 mas não sei se a mulher do salão passou errado ou se é ruim mesmo, por ele ser intensificador saiu bem mais rápido, desbotou mais rápido, entende? E escureceu demais meu cabelo. Acredito que o resultado fique melhor misturando com o 6646, até a cor fica mais bonita. Quando pintar de novo, poste aqui pra gente ver! :3
      Beijos.

      Excluir
    2. Obrigada Larissa, posto sim pode deixar.
      Beijos!

      Excluir
  2. kkkkkkkkk nem fale, quando comecei a pintar cabelo de vermelho, manchei a toalha branca da minha
    mãe, que quase me mata e saio manchando tudo que toco.
    Mas sou apaixonada por cabelos vermelhos <3 Usava esse intensificador puro no cabelo, sem misturar.
    Agora estou usando o 66,46 da Amend, creio eu que seja essa cor também e uso o keraton cult red.
    Aliás estou precisando dá um retoque.

    Adorei seu novo ruivo *-* ficou lindo, mas em mim prefiro o vermelho mesmo.
    Já vi um ruivo natural se eu não me engano da marca matrix, mas não acho de jeito nenhum.
    Beijinhos :* Sorteio la ná blog, participa?
    http://vidadebloguette.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...